Administração do Tempo

Administração do Tempo Para Concursos – 10 Dicas

O tempo uma vez desperdiçado é irrecuperável. Diariamente, temos uma quota limitada de vinte e quatro horas, como todo ser humano, mas, ao que parece, alguns conseguem realizar muito mais do que outros nessas mesmas vinte e quatro horas, por que será?

 

Na preparação para concursos públicos a administração rigorosa do tempo é essencial. Inclusive, há prazo para tudo (edital, inscrição, data de prova, de recurso, etc.), uma verdadeira corrida no tempo. Como desenvolver estratégias e se destacar dos demais candidatos? O que fazer efetivamente?

 

Muitos candidatos só ficam sabendo dos concursos com a publicação do edital, momento em que não há mais tempo hábil para uma preparação adequada, pois a prova ocorrerá aproximadamente em quarenta e cinco dias após a publicação do edital.

 

Para saber como melhor administrar o tempo, é importante entender bem a dinâmica de um concurso público. Veja a seguir.

 

Concurso público é espécie de licitação que a Administração Pública (Federal, Estadual ou Municipal) se utiliza para a escolha de mão de obra especializada. Primeiro, o órgão público solicita autorização para a abertura do concurso ao órgão que tem poder de administração financeira, no caso dos concursos públicos federais, o órgão autorizador é o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão – MPOG. A autorização do MPOG é divulgada mediante portaria publicada no Diário Oficial da União e, normalmente, fixa limite de prazo para a publicação do edital. O órgão responsável pelo concurso seleciona a instituição que organizará e aplicará a prova.

 

Em seguida, o edital é publicado com todos os detalhes que norteiam a prova: prazo de inscrição, documentação e nível escolar necessários, matérias exigidas, etc. Muitos editais já trazem as datas e horários das provas. Se o edital não trouxer a data da prova, esta será divulgada com locais e horários. Normalmente, as instituições organizadoras das provas divulgam tudo pela internet.

 

Diante dessas explicações, seguem as dicas a serem observadas na administração do tempo para concursos públicos:

 

1ª DICA – Saber o quanto antes que há previsão de abertura do concurso.

Essas informações podem ser obtidas nos sites especializados – correioweb, folha dirigida.

 

2ª DICA – Obter o edital do concurso anterior.

Importante para saber quais os requisitos para se submeter à prova e, principalmente, quais matérias serão cobradas para organizar seus estudos imediatamente. Saber as matérias que serão exploradas permite a visualização do que estudar e permite elaborar uma programação considerando no tempo diário disponível para estudo.

 

3ª DICA – Identificadas as matérias que serão exigidas, organizar a rotina diária para permitir, no mínimo, duas horas de estudo por dia. Estudar duas matérias por dia até esgotar o programa dessas matérias,  assim por diante. OBJETIVO/META: estudar todo o programa do edital até a data da prova.

 

4º DICA – Revisar tudo o que estudou durante a semana aos sábados e resolver muitos exercícios, principalmente, questões de provas anteriores da banca responsável pela prova que você irá se submeter. Por exemplo, se a prova será organizada pelo CESPE/UNB, resolver provas anteriores do CESPE/UNB; se a prova está sendo organizada pela ESAF ou FCC, resolver provas anteriores dessas instituições.

 

5º DICA – No estudo propriamente dito, ler o assunto de estudo com primeira leitura, segunda leitura e elaborar um rápido esquema de revisão. Só a leitura pura e simples é insuficiente à fixação. Faça esquemas resumidos dos assuntos e, se possível, converse com alguém sobre o assuntou ou dê uma aula para você mesmo no espelho.

 

6º DICA – No início do estudo, sempre revisar rapidamente o conteúdo estudado no dia anterior, antes de avançar no novo assunto.

 

7ª DICA – Seja específico, siga o programa das matérias do edital rigorosamente, não fique viajando ou lendo matérias que não estão no programa. A meta é ganhar tempo e ver todo o programa até a data da prova.

 

8ª DICA – Estudar e trabalhar não é fácil, requer estratégias de estudo e forte organização. Organize os horários do seu dia. Hora de acordar, deslocamento, trabalho, lanche, almoço, jantar. Veja brechas de tempo em que você poderá ler seus esquemas de revisão. Sempre tenha esquemas de revisão à mão para dar uma olhadinha durante rápida mesmo durante o trabalho. De preferência, mais de uma vez, vale a pena, para fixar.

 

9ª DICA – Com sua própria voz, grave fitas ou CDs com a matéria para ouvir nos deslocamentos (ônibus/automóvel). Escute a gravação de forma relaxada, você vai aprender bastante no momento de gravar e de ouvir.

 

10ª DICA – Peça dispensa/folga do seu trabalho na semana anterior à prova ou programe férias para esse período. É o momento de fazer a grande revisão final para ter todo o conteúdo fresquinho na mente na hora da prova.

 

Essas e outras estratégias de aprimoramento são inteiramente aplicáveis ao contexto de provas e concursos.  Passar em um provas de alto desempenho e em um concurso público não é fácil mas também não é impossível. Como solução, o Decidi Passar oferece uma série de treinamentos para aumentar a chance de aprovação, inclusive, com técnicas de aprendizagem (atenção e concentração) e estratégias de prova objetiva, discursiva e oral. Com essas técnicas vários candidatos foram aprovados em diversos cargos – Juiz, Defensor, Procurador, Técnico Judiciário, Assistente Administrativo, além da OAB e outras provas. Veja mais informações no sitewww.decidipassar.com.br. Quem aprende a estudar escolhe o cargo!

Por favor, deixe um comentário abaixo para que eu possa saber o que você pensa sobre esse tema!

NEYDJA M D MORAIS, Professora, Preparadora de Candidato, Mestre em Direito, Procuradora da Fazenda Nacional de Categoria Especial no DF, ex-assessora de um Juiz Federal, Co-Fundadora do Portal Decidi Passar, com mais de 25 anos de experiência jurídica e em concursos.